Menu
Blog Infra como Código

Relatório da Puppet 2016 revela resultados do uso da Infraestrutura Ágil

relatorio2016capa

Todos os anos, o DevOps transforma não apenas as estruturas de TI das empresas, mas também a vida dos seus profissionais. Essas pessoas foram ouvidas pela Puppet e suas histórias de sucesso estão disponíveis no relatório, apresentado pela Puppet na última quarta-feira (22 de junho). Além disso, são apresentados dados e estatísticas que comprovam a eficiência da Infraestrutura Ágil como nova metodologia de trabalho e desenvolvimento.

Há cinco anos atrás, quando a cultura DevOPs começou a ser mais utilizada em empresas, várias soluções e ferramentas foram desenvolvidas. Entre elas, a Puppet se destacou como o melhor sistema de automatização de infraestrutura. Todos os anos, a companhia divulga um relatório com informações sobre os resultados reais gerados pelas empresas que já implementaram o DevOps. Em 2016, mais de 4,600 gerentes de TI e empresários colaboraram com o balanço e compartilharam como a Infraestrutura Ágil está melhorando seus sistemas e, consequentemente, suas vendas.

 

Alta perfomance X Baixo Desempenho

Em 2016, foi verificado que, se comparadas com empresas de médio desenvolvimento, companhias de alta performance passaram por uma aceleração em termos de taxas de transferências. Elas implementam com uma frequência 200x maior, o que significa realizar múltiplas implantações por dia (ao invés de apenas algumas vezes por ano). Empresas de alto desempenho também tem um prazo de entrega 2,555x mais rápido, o que significa que elas podem realizar alterações em menos de uma hora. Elas também mantiveram altos níveis de estabilidade, com 3x menos chances de falhas em alterações e reestruturação 24x mais rápida.

Taxas de transferência e estabilidade são essenciais pois, se você consegue implementar com mais frequência, você pode realizar mais testes e entregar resultados aos seus clientes de maneira mais rápida. Ao invés de ter uma ou duas chances por ano de validar seu projeto, você tem várias oportunidades de estar suas ideias, ouvir as opiniões dos seus clientes, aprender e melhorar o desenvolvimento. Quando você aumenta a velocidade da sua entrega, você aumenta também o seu conhecimento sobre o seu produto e sistema.

Já a velocidade sem a estabilidade pode causar sérios problemas, como a queda de websites e a decepção de clientes, fornecedores e funcionários. Contudo, conforme a Puppet mostra todos os anos, crescer rápido não significa prejudicar a estabilidade, confiabilidade, segurança ou qualidade dos sistema. Na verdade, as práticas de DevOps conseguem prever a performance de TI, o que auxilia na estruturação organizacional das operações.

DICA: Se você quiser saber mais sobre os recursos disponíveis no Puppet Enterprise, confira o nosso ebook gratuito sobre o assunto clicando aqui. 

 

2016 State of DevOps infographicPortuguese
Como o DevOps melhora os resultados?

Após segmentar as respostas dos questionários de acordo com a performance de cada organização, a Puppet comparou os diversos grupos para entender como atitudes, hábitos e práticas são diferentes entre as empresas pesquisadas. Por exemplo, a Puppet concluiu que empresas de alta performance possuem funcionários extremamente engajados e que eles são 2,2x mais propensos a recomendar a companhia para amigos e conhecidos do que funcionários em empresas de baixo desempenho. Isso acontece porque todo mundo quer ser parte de um time que está ganhando e aqueles que sentem uma melhora na produtividade das suas equipes tendem a ser mais engajados. Outros estudos comprovaram que ter funcionários envolvidos com os projetos da empresa é um fator essencial para obter bons resultados, como maior interação com os clientes e um crescimento mais rápido da empresa.

Um dos principais focos da pesquisa da Puppet foi analisar o ciclo total de desenvolvimento dos produtos, iniciando pela ideia e acompanhando o processo até a entrega ao consumidor, onde o conceito planejado passará a ter valor. Nós descobrimos que tanto o desempenho de TI quanto a cultura organizacional passam por melhorias expressivas quando a equipe divide a processo de design do produto em pequenas etapas e utiliza o feedback dos clientes para melhorá-lo.

A qualidade é um dos pontos principais do DevOps. A Puppet verificou que empresas com alta performance gastam cerca de 22% menos tempo refazendo trabalhos ou corrigindo falhas inesperadas. Quando você e sua equipe podem resolver problemas logo no início do desenvolvimento do produto, a qualidade é integrada ao processo e se torna uma prioridade. Além disso, ao detectar os problemas logo no começo, corrigi-los se torna uma tarefa muito mais simples e barata para as empresas.

 

Saiba mais sobre DevOps

Para encontrar mais dados e resultados da automatização promovida pelo DevOps, acesse ao Relatório 2016 disponível no site da Puppet. Caso ainda exista alguma dúvida sobre o tema, entre contato com a Instruct pelo email contato@instruct.com.br ou pela nossa página no Facebook. Nós somos a principal parceira da Puppet no Brasil e referência na implementação de Infraestrutura Ágil no país e estamos dispostos a ajudar a melhorar os seus resultados.

 

Post desenvolvido com informações disponibilizadas pela Puppet.