Menu English version
Blog Infra como Código

Inteligência estratégica com DevOps: como gerar resultados?

As discussões sobre DevOps têm avançado no Brasil em uma velocidade surpreendente: a partir de meetups, seminários e eventos (como o DevOpsDays Brasília), as equipes de TI têm adquirido conhecimentos para colocar a metodologia em prática.

No entanto, não basta conhecer apenas as teorias sobre DevOps: é preciso entender como aplicá-lo na prática e quais resultados podem ser esperados a partir do uso da metodologia. Assim, é possível alinhar as expectativas da equipe e permitir que todos os membros do time entendam quais são os objetivos a serem alcançados a curto, médio e longo prazo.

Por isso, hoje vamos explicar o que é o uso de uma inteligência estratégica aliada ao DevOps. Esperamos que esse conteúdo lhe ajude a estruturar melhor os seus projetos e a motivar a sua equipe nesta jornada!

 

O que é a inteligência estratégica aliada ao DevOps?

O DevOps Intelligence, como é conhecido o conceito nos Estados Unidos, fornece informações de inteligência e insights para oferecer o software de forma mais eficiente, com menos riscos e melhores resultados. Torná-lo parte do seu processo de trabalho é crucial nos tempos atuais, pois tanto a demanda por um melhor software mais rápido quanto a complexidade do desenvolvimento de aplicativos continuam aumentando a cada dia. Como um incentivo para começar, listamos 7 maneiras para implementar esse conceito na sua equipe.

 

1. Ciclos de entrega mais rápidos

A inteligência aplicada em todas as etapas do seu pipeline de entrega permite otimizar seus processos e acelerar os ciclos de lançamento. Aplicando corretamente as boas práticas oriundas da Cultura DevOps, podemos ter informação de nossos sistemas e serviços em tempo real. Com isso, você pode identificar as falhas e lacunas dos processos. Você pode descobrir rapidamente como os sistemas estão funcionando com novas mudanças, monitorar a taxa de sucesso das implantações, obter informações sobre os tempos de ciclo para cada equipe. Além disso, você poderá ver quais processos estão funcionando bem e quais estão afetando negativamente o tempo de entrega.

 

2. Melhoria na qualidade do Software

A inteligência aliada ao DevOps possibilita fortalecer os processos de feedback, que são a base do desenvolvimento interativo e compartilhado. Assim, a criatividade é estimulada para experimentar novos recursos ou mudanças em uma interface. A organização poderá oferecer produtos mais alinhados com o que os clientes desejam e se destacará a frente de outras soluções disponíveis no mercado. O feedback deve ser sempre uma parte indispensável do processo de desenvolvimento e entrega de software.

 

3. Aumento do valor comercial do software

A inteligência aliada ao DevOps permite que você obtenha rapidamente informações estratégicas para a tomada de decisões, tais como sobre quais recursos os clientes estão usando, quais processos estão abandonando ou se eles estão mudando seu comportamento. Além disso, ela pode ser utilizada após um lançamento de uma versão a partir de uma análise de impacto: você descobrirá se o que você está entregando é realmente de valor para seus clientes e decidirá sobre futuros recursos.

 

4. Maior transparência

O conhecimento sobre todo o pipeline fornece transparência em todas as etapas dos processos. A visibilidade clara e em tempo real das atividades torna mais fácil para você entender por que você está (ou não) atingindo os seus objetivos, como está justificando os pedidos de tempo e de recursos adicionais e se está entregando as demandas nos prazos.

A transparência também significa que os profissionais que não sejam da TI podem acompanhar facilmente o progresso em qualquer ponto do processo e se sentem capacitados para tomar decisões empresariais com base em dados em tempo real.

 

5. Gerenciamento proativo no processo de entrega

Você terá acesso a informações históricas tanto em tempo real quanto sobre suas aplicações, pessoas, ambientes e muito mais. O conhecimento em tempo real oferece vantagens, como aviso prévio de possíveis falhas. Assim, você pode trabalhar em ações preventivas, em vez de perder tempo de combate a grandes falhas e quedas de sistema. Os dados históricos permitem que você analise tendências e preveja o comportamento com base em resultados anteriores.

 

6. Melhor suporte aos requisitos de conformidade

Os dados coletados sobre seus processos mostram não apenas como eles podem ser otimizados, mas também mostra exatamente o que aconteceu e quando ocorreu, de forma auditável. Os processos foram seguidos corretamente? Quem fez o que e quando? O que falhou? Quais foram os passos utilizados?

Você poderá manter os seus requisitos de conformidade e corrigir problemas que possam ameaçar sua capacidade de atendê-los com mais rapidez e eficiência.

 

7. Cultura DevOps fortalecida

O acesso a informações inteligentes sobre o seu processo de entrega ajuda a fortalecer sua cultura DevOps, capacitando pessoas, tanto dentro como fora da área de TI, para trabalhar na mudança e nos esforços para melhorar os processos e produtos. Assim, você terá uma visão clara sobre as suas metas para que possam ser cumpridas e também sobre tudo aquilo que ainda precisará ser corrigido. A capacidade de compartilhar dados com pessoas em todo o negócio reforça o fato de que eles têm um papel importante na tomada de decisões impactantes que ajudam a empresa.

À medida que as empresas evoluem em relação à aplicação da cultura DevOps e implementam ações como a automação do processo de entrega de software, por exemplo, elas estão construindo uma infraestrutura estratégica. Assim, elas têm a possibilidade de capturar e analisar automaticamente os dados deste processo, podendo transformá-los em informações para a tomada de decisão. Armada com essa inteligência, a TI estará bem posicionada para suportar plenamente os objetivos do negócio e atender a todas as demandas que forem necessárias com mais eficiência.

 

Como posso aprender mais sobre o DevOps?

A Instruct desenvolveu uma série de seminários exclusivos no Brasil para alinhar os conhecimentos da sua equipe sobre Infraestrutura como Código e DevOps. Assim, ela estará preparada para iniciar (ou permanecer) em uma jornada eficiente com o uso da metodologia, impulsionando os resultados de todo o time. Para saber mais sobre os seminários, clique aqui.

Post produzido em parceria com a Sonatype.