Menu
Blog Infra como Código

Entrevista com Luke Kanies, criador do Puppet e CEO da Puppet Labs – Parte 4

logo-puppetconf-2014E chegamos a última parte da nossa entrevista com Luke Kanies. Gostaríamos de ter conseguido conversar mais com ele, mas infelizmente ele estava cheio de outros compromissos e a atenção dele era muito disputada durante PuppetConf.

Encerramos com um convite dele para que você venha para a PuppetConf 2015. Pelo o que vimos esse ano, que mais uma vez superou as expectativas e se mostrou um evento de organização primordial, ano que vem será ainda melhor.

Como o próprio Luke diz, a PuppetConf é mais que uma conferência sobre Puppet. Nela encontramos o que há de melhor em automação e melhores práticas na administração de infraestrutura.

Algo que eu gostaria de dizer: nós gostamos muito como você e a Puppet Labs não tem medo de errar. Vocês seguem a ideia do “falhe antes, falhe rápido”. Para encerrarmos, eu gostaria que você convidasse a comunidade brasileira para vir na PuppetConf ano que vem em Portland. Algo como venham para a PuppetConf, usem Puppet no Brasil. Não tire sarro de nós por causa da Copa do Mundo. (risos)

Eu não ia dizer nada. (risos)

PuppetConf é uma conferência incrível. Muitas pessoas essa semana me disseram não só como o conteúdo é ótimo. Como a comunidade é incrível. Como é incrível falar com as pessoas pelos corredores, conversar com os desenvolvedores, conversar com outros usuários.

Você vê as pessoas falando sobre melhores práticas. Existem três maneiras de fazer algo, vamos entendê-las e discutí-las.

Essa não é apenas uma conferência sobre Puppet. É sobre operações, sobre DevOps. É uma conferência que vem acontecendo há bastante tempo. Podemos encontrar pessoas que vem ao evento juntas por 5 ou 6 anos. E você tem essa sensação da longevidade, e de honestamente como a comunidade é divertida e receptiva.

Eu estou muito animado para ver o Puppet se espalhar para outros países, outros fuso horários, outras nações. Tentamos entender como uma comunidade e uma empresa, como suportamos pessoas que falam português, como suportamos pessoas que falam mandarim ou japonês.

Por favor venha para a PuppetConf. Eu espero vê-los em Portland, Oregon. É uma linda cidade e garanto que vocês vão adorar!